Texto originalmente publicado na minha newsletter

Algumas sementes, quando em ambientes pouco favoráveis para o seu desenvolvimento – abastecimento de água, temperatura e oxigênio – entram em um processo chamado de quiescência. Significa que elas ficam em um estado de pausa, aguardando para que a situação externa mude e que, por fim, possam germinar.

Em 2018 fiz uma série de fotografias com o mesmo nome. Elas mostram um ambiente calmo, congelado pelo tempo e aguardando para que algo novo aconteça. Era como eu me sentia então; é como me sinto agora.

Creio que muitas pessoas estejam compartilhando do mesmo sentimento.

Na época, escrevi o seguinte texto para expressar o que aquelas fotografias significavam para mim:

“Observa-se um estado de paz e sossego, em que o futuro é incerto e o passado já se fora. Não há nada que cause preocupação naquele momento e, consequentemente, teme-se o que está por vir.

A solidão causa ansiedade e não permite reconciliação com ela mesma. Pode-se apenas compreender o presente. É uma representação da tempestade interna sendo transmitida com despreocupação para quem observa.”

Tempestade interna.

O que pensar quando uma situação tão perigosa envolve a população? Como não pensar? O que fazer a respeito, senão esperar?

Em tempos de crise eu busco me concentrar nas coisas que me dão ânimo, que me fazem ficar distraído, porque passar o dia todo sendo consumido por notícias catastróficas também não é saudável. Existe uma diferença entre alienação e cuidado com a própria saúde mental.

Portanto, eu espero. Assim como sementes que não germinam porque não estão nas condições adequadas, eu me guardo para um futuro promissor. Não sei o que acontecerá nele. Ainda não consegui uma máquina do tempo.

A única coisa que posso fazer é abrir as janelas do meu olhar através de fotografias e deixar que você seja absorvida, nem que por pequenos instantes, pela total quietude de uma paisagem que descansa em seu momento eterno.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s