Este é um arquivo com o texto principal da newsletter. Se quiser acompanhar o conteúdo completo quinzenalmente, clique aqui.


É tão difícil confiar em si mesmo e confiar que o seu trabalho tem valor. Quando eu decidi voltar com a minha newsletter há um ano, no dia 26 de novembro de 2018, não esperei que isso se tornaria algo tão importante para mim. Também não imaginei que conseguiria escrever uma cartinha por semana durante um ano todo. Mas aqui estou. E neste processo aprendi algumas coisas:

1 – As pessoas são muito gentis
Eu não tenho milhares de inscritos, mas percebi como isso não importa quando recebo uma resposta contando como a newsletter ou a foto causaram algum impacto positivo. Saber que alguém se inscreveu, tomou o tempo de ler semanalmente e ainda respondeu é muito gratificante. Obrigado!

2 – É impossível saber o que vai agradar e o que não vai
Fazer títulos chamativos para receber clique nunca foi o meu forte. Eu não gosto desse tipo de coisa. Eu gosto de escrever o que me dá na telha naquele momento e publicar daquela forma. Alguns e-mails tem maior aceitação, outros ficam escondidos no limbo (geralmente os que eu mais quero que as pessoas leiam hahaha), mas é preciso entender que cada um tem a sua própria experiência e números não significam nada.

3 – É importante confiar em si mesmo
Quantas vezes durante 2019 pensei em desistir…
Na minha vida profissional tentando fotografar, recebi diversos pedidos para que eu fizesse fotos de graça ou que fizesse trabalhos em troca de divulgação no instagram. Também fiz trabalho de graça achando que isso daria algum retorno. O que recebi foram críticas (nada construtivas) sobre como o trabalho gratuito poderia ter ficado melhor. É triste. Eu ainda estou tentando trilhar um caminho paralelo à fotografia, pois estou ficando cansado disso.
Porém o que me faz continuar é saber que tenho uma newsletter para escrever, fotos para criar e pessoas interessadas em ler o que eu tenho a dizer. O exercício de autoconfiança é diário.

4 – Arte é linda
Durante este ano pesquisei muito sobre arte e tentei ficar mais em contato com ela para trazer indicações nas newsletters. Apesar de vivermos em um Brasil que não incentiva a cultura do seu próprio povo, ver que as pessoas continuam criando é maravilhoso.

5 – Menos é mais
Como falei, 2019 foi um ano desafiador para mim, pois eu queria escrever semanalmente sobre fotografia, compartilhar meus trabalhos e experiências, porém também percebi que nem todos os meus textos foram escritos com total dedicação, pois às vezes ficava sem tempo para pesquisar e elaborar melhor os meus pensamentos. Apesar de ser legal manter um contato semanal, não acredito que seja o melhor para mim e para você em termos de qualidade. É por isso que, a partir de hoje, publicarei newsletters quinzenais.
(Mas não descarto a possibilidade de aparecer em duas semanas seguidas. Tudo depende do assunto abordado).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s