Este é um arquivo com o texto principal da newsletter. Se quiser acompanhar o conteúdo completo todas as segundas-feiras, clique aqui.


É bastante comum fotografar e não compreender o significado das imagens após fazê-las. Para mim é um exercício extremamente difícil entender o que as minhas fotografias representam e como elas podem servir para mudar um pouco o mundo – ou pelo menos o meu mundo.

Os quadros nesta cartinha simbolizam essa epifania, essa compreensão tardia de que essas imagens tem, sim, um valor afetivo e uma mensagem além da estética. São representações visuais particulares à minha vida, à passagem de tempo e à brevidade das nossas existências em um espaço, seja ele uma casa ou uma cidade.

Ao colocá-las lado a lado percebi o quanto elas representam momentos cruciais na minha vida.

 Aqui foi quando eu realizei um sonho de fotografar as estrelas durante a noite. Foram feitas na minha antiga cidade de Erechim, RS, quando eu ainda estava começando a faculdade de fotografia.
Aqui foi quando eu realizei um sonho de fotografar as estrelas durante a noite. Foram feitas na minha antiga cidade de Erechim, RS, quando eu ainda estava começando a faculdade de fotografia.
 Essa imagem foi feita em um final de tarde após voltar da faculdade. Eu morava em uma quitinete e o meu desafio era sempre buscar algo incrível do meu dia a dia e tentar criar fotografias que não necessitassem de cenários deslumbrantes, mas que capturassem a essência e a beleza das coisas ao meu redor. Aqui era meu último ano de faculdade.
Essa imagem foi feita em um final de tarde após voltar da faculdade. Eu morava em uma quitinete e o meu desafio era sempre buscar algo incrível do meu dia a dia e tentar criar fotografias que não necessitassem de cenários deslumbrantes, mas que capturassem a essência e a beleza das coisas ao meu redor. Aqui era meu último ano de faculdade.
 Já formado e vivendo em outro bairro, agora definitivamente um cidadão de Florianópolis, que não voltaria para Erechim tão cedo, me vi perdido e não sabia o que fazer em relação às minhas fotos. Foi quando decidi exercitar novamente a ideia de buscar o belo ao meu redor.
Já formado e vivendo em outro bairro, agora definitivamente um cidadão de Florianópolis, que não voltaria para Erechim tão cedo, me vi perdido e não sabia o que fazer em relação às minhas fotos. Foi quando decidi exercitar novamente a ideia de buscar o belo ao meu redor.

São três momentos importantes, que só compreendi quando os vi lado a lado. Antes eu pensava nessas fotos apenas como belas imagens. Hoje, as vejo como uma representação da minha pequena história.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s